Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 15 de abril de 2017. Atualizado às 23h33.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Violência

Alterada em 15/04 às 23h40min

Juiz é assassinado na frente do filho em Porto Alegre

Estadão
A Polícia Civil do Rio Grande do Sul investiga o assassinato de um juiz, na manhã deste sábado (15), na zona sul de Porto Alegre. Cláudio Roberto Ost, de 50 anos, foi alvejado com cinco tiros quando saía da casa da namorada, uma jovem de 25 anos. O suspeito, segundo a polícia, é um adolescente de 17 anos, ex-namorado da companheira de Ost.
O juiz, que era viúvo, morreu no local, em frente ao filho de 9 anos de idade. O magistrado atuava na Justiça do Trabalho de Santa Rosa, cidade do noroeste gaúcho. Conforme o delegado Daniel Mendelski, Ost havia chegado de viagem com a namorada, quando encontraram o ex-namorado dela dentro de sua casa, no bairro Jardim Vila Nova. Depois de uma discussão, o menor foi embora. 
Mais tarde, porém, ao deixar o local, o juiz foi surpreendido e assassinado já na rua, quando entrava em seu carro. O suspeito possui passagem por tráfico e está sendo procurado. O suspeito possui passagem por tráfico e está sendo procurado. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia