Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 02 de abril de 2017. Atualizado às 22h35.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Segurança pública

Notícia da edição impressa de 03/04/2017. Alterada em 02/04 às 20h15min

Estado é condenado a indenizar preso por más condições em cadeia

O governo do Estado foi condenado pela Justiça a pagar indenização de R$ 5 mil a um preso devido às más condições do Presídio Central de Porto Alegre, onde o homem ficou detido. A decisão foi da juíza Rosana Broglio Garbin, da 4ª Vara da Fazenda Pública da Capital. Cabe recurso da Procuradoria-Geral do Estado.
O detento cumpre pena de 14 anos no local desde 2011. O pedido foi de indenização por danos morais. "É objetiva a responsabilidade do Estado pela lesão à integridade física dos presos no interior de estabelecimento prisional, tratando-se de omissão específica", avalia a magistrada em seu despacho. 
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia