Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 25 de abril de 2017. Atualizado às 14h57.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

inter

Alterada em 25/04 às 14h58min

Marcelo Cirino nega que Inter seja recomeço, mas promete reencontrar bom futebol

O novo reforço do inter espera conquistar logo o seu espaço na equipe

O novo reforço do inter espera conquistar logo o seu espaço na equipe


RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
Encerrada uma longa novela que culminou na sua contratação por empréstimo pelo Internacional, Marcelo Cirino se apresentou nesta terça-feira ao time gaúcho. O jogador assinou um acordo até o fim do ano e vestiu a camisa 77, mas ainda não conseguiu deixar para trás a sua passagem pelo Flamengo.
Na sua apresentação, Cirino acabou sendo questionado sobre as razões que o levaram a deixar o time carioca. O atacante se esquivou do assunto e prometeu que terá êxito no Inter. "No Flamengo, teve vários motivos. Se fosse citar todos, demoraria muito. Meu comprometimento sempre foi o mesmo, pode dar certo ou não. Espero que dê certo aqui", disse.
Cirino chegou ao Flamengo em 2015 sendo apontado como uma das grandes promessas do futebol nacional por causa das suas grandes atuações pelo Atlético Paranaense. O atacante, porém, não chegou a brilhar pelo clube carioca, se envolveu em algum problemas extracampo e pouco vinha sendo usado pelo técnico Zé Ricardo nesta temporada.
O atacante negou ver a chegada ao Inter como um recomeço na sua carreira, mas ao mesmo tempo prometeu recuperar o alto nível de atuações que teve no Atlético-PR. "Não sei se é um recomeço, tive sequência no Flamengo. Joguei 99 jogos, fiz muitos gols. É uma continuidade. No Flamengo, não fui o mesmo do Atlético-PR em alguns momentos. Vou trabalhar para ser o mesmo que fui um dia", disse.
O novo reforço do Inter destacou que o time vive um bom momento na temporada, classificado à decisão do Campeonato Gaúcho e às oitavas de final da Copa do Brasil. Mas, claro, espera conquistar logo o seu espaço na equipe. E como não pode jogar o torneio estadual, a sua estreia poderá ser em 13 de maio, quando a equipe vai visitar o Londrina pela primeira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.
"O Inter é um grande time. A equipe está encaixada", afirmou. "Quando eu tiver minha oportunidade, vou aproveitar da melhor maneira possível. Teremos que trabalhar bastante para assimilar os dois torneios (Copa do Brasil e Série B)", acrescentou.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia