Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 16 de abril de 2017. Atualizado às 14h30.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

surfe

Alterada em 16/04 às 14h36min

Medina é eliminado em rodada de poucas ondas em Bells Beach; Ibelli vai à 4ª fase

Em um dia marcado pelo pequeno número de ondas boas para os surfistas, Gabriel Medina acabou sendo eliminado neste domingo da etapa de Bells Beach, a terceira do Circuito Mundial de 2017, na Austrália. O brasileiro foi superado pelo português Frederico Morais na terceira fase da competição.
O campeão mundial de 2014 foi derrotado pela pequena diferença de 13,94 a 13,57 na somatória das notas aplicadas pelos juízes após a disputa da terceira rodada de disputas entre os dois. Antes disso, Medina chegou a ficar à frente do português, mas Morais acabou se aproveitando do fato de que conseguiu a melhor onda da bateria entre ambos para conseguir uma nota 8,77 que se tornou decisiva da soma da pontuação.
Morais, por sua vez, terá como um dos adversários na quarta fase da etapa de Bells Beach o brasileiro Caio Ibelli em uma bateria que também contará com o australiano Owen Wright. Ibelli avançou ao próximo estágio da competição ao derrotar neste domingo o taitiano Michel Bourez por 17,03 a 16,10. Já Wright passou com tranquilidade pelo seu compatriota Bede Durbidge por 17,54 a 13,83.
O paulista Ibelli chegou a 17,03 depois de abrir a bateria deste domingo uma ótima nota 9,13 e depois conseguir uma 7,90. Mesmo assim, não foi fácil derrotar Bourez, que teve uma boa média de pontuação ao contabilizar 8,00 e depois 8,10 pelo seu desempenho nas ondas de Bells Beach.
Ibelli, por sua vez, precisou superar a repescagem para ir à terceira fase da competição. Neste estágio anterior, ele derrotou o compatriota Ian Gouveia por 17,26 a 14,67, sendo que a nota final do vencedor foi resultado da somatório entre 8,93 e 8,33 na pontuação contabilizada nesta bateria.
Também por esta fase de classificação para a terceira fase, o brasileiro Jadson André acabou sendo superado com facilidade pelo australiano Connor O'Leary por 13,00 a 6,33, assim como o também local Joel Parkinson eliminou Samuel Pupo, outro surfista do Brasil, por 16,57 a 12,83.
Nesta mesma fase, o também brasileiro Miguel Pupo acabou sendo derrotado por Morais, algoz de Medina, que aplicou uma confortável vantagem de 19,94 a 14,87.
SLATER É ELIMINADO - Na disputa mais esperada desta quarta bateria de Bells Beach, o australiano Mick Fanning levou a melhor sobre o norte-americano Kelly Slater em um duelo equilibrado, no qual o surfista da casa venceu por 13,50 a 12,43, eliminando assim o seu lendário adversário da competição
A etapa de Bells Beach ainda não encerrou as disputas de sua terceira fase, que contará com a presença de três brasileiros nas ondas. Destaque da fase anterior, na qual chegou a receber até uma nota 10, Filipe Toledo enfrentará o australiano Adrian Buchan. Já Adriano de Souza, o Mineirinho, irá duelar contra o francês Jeremy Flores, enquanto Wiggolly Dantas tentará eliminar o local Matt Wilkinson.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia