Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 06 de abril de 2017. Atualizado às 21h18.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

copa sul-americana

Alterada em 06/04 às 21h22min

Sport estreia com vitória por 3 a 0 no Danubio e encaminha vaga na Sul-Americana

O Sport estreou em grande estilo na Copa Sul-Americana. O time pernambucano recebeu o Danubio, do Uruguai, e venceu por 3 a 0, no estádio da Ilha do Retiro, no Recife, encaminhando a classificação para a segunda fase da competição continental.
Com a boa vantagem construída em casa, o time brasileiro pode até perder por dois gols de diferença na partida de volta, no dia 11 de maio, no estádio Jardines del Hipódromo, em Montevidéu Mesmo uma derrota por três gols classifica os pernambucanos desde que marquem no mínimo um gol no Uruguai.
Para se classificar no tempo normal, o Danubio precisa de uma goleada por quatro ou mais gols de diferença. Se vencer por 3 a 0, o time uruguaio leva a decisão para a disputa por pênaltis.
O Sport começou em ritmo lento e demorou a entrar no jogo, mas passou a pressionar na reta final da primeira etapa. Aos 34 minutos, em bela jogada, o time da casa abriu o placar. Diego Souza recebeu passe de escanteio dentro da área, levantou a bola e cruzou de bicicleta para Rithely completar de cabeça.
Empolgado pelo gol de abertura do placar, o time da casa seguiu na pressão e marcou o segundo gol seis minutos mais tarde em jogada acrobática. André tentou uma puxeta, Rogério pegou a sobra de bicicleta e, no rebote, Diego Souza acertou um voleio para ampliar a vantagem dos pernambucanos.
A equipe uruguaia tentou diminuir na segunda etapa, mas não conseguiu equilibrar as ações e ainda viu o Sport marcar o terceiro gols, aos 22 minutos, com o volante Fabrício. O prata da casa bateu falta com perfeição, no ângulo, e balançou as redes pela primeira vez como atleta profissional, dando números finais ao jogo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia