Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 01 de abril de 2017. Atualizado às 16h20.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Internacional

01/04/2017 - 16h20min. Alterada em 01/04 às 16h22min

Inter anuncia volante chileno Gutiérrez como reforço para tentar voltar à Série A

Volante Felipe Gutiérrez foi anunciado como reforço até o fim de 2017

Volante Felipe Gutiérrez foi anunciado como reforço até o fim de 2017


SPORT CLUB INTERNACIONAL/Divulgação/JC
O volante chileno Felipe Gutiérrez foi confirmado como reforço do Internacional neste sábado (1) e chega como esperança de dar mais qualidade a um elenco bastante contestado pelos torcedores. A apresentação do jogador, que tem contrato de empréstimo firmado com o time colorado até 31 de dezembro deste ano e opção de compra, está marcada para esta segunda-feira, após o treino da manhã no CT Parque Gigante, em Porto Alegre.
O jogador, de 26 anos, que disputava o Campeonato Espanhol pelo Betis, se destacou cedo no futebol do Chile. Meia-atacante de origem, Gutiérrez já jogava pelas seleções de base aos 15 anos, quando ainda era uma promessa do Everton, time da cidade de Viña del Mar.
Em 2009, o jovem foi contratado pela tradicional Universidad Católica, de Santiago, capital do país. Aos 18 anos, ele estreou pelo time principal. No ano seguinte, passou a ser peça importante e participou de conquistas de títulos nacionais.
Os gols e o sucesso de Gutiérrez na equipe de Santiago o levaram cedo para a Europa. Em 2012, Gutiérrez foi negociado com o Twente, da Holanda, de onde saiu no ano passado, quando era capitão da equipe (foram 108 jogos pelo clube), para o Betis.
Na seleção chilena, o jogador fez parte da equipe campeã da Copa América de 2015. Mas a história dele com a camisa do Chile havia começado aos 19 anos, em 2010, quando disputou amistosos preparatórios para a Copa da África do Sul. No Mundial do Brasil, Gutiérrez fez quatro jogos. No total, foram 32 jogos e quatro gols com a camisa chinela.
Felipe Gutiérrez é mais uma tentativa da diretoria do Internacional de montar um elenco forte para conseguir o principal objetivo do clube em 2017: voltar à Série A do Campeonato Brasileiro no ano que vem, após o catastrófico descenso.
O treinador Antonio Carlos Zago, escolhido para a difícil missão de guiar o time em um ano tão turbulento, está tendo dificuldades no Estadual. A equipe, que correu riscos de não se classificar na primeira fase da competição, foi apenas o sétimo colocado entre oito qualificados e, na próxima quinta-feira, enfrenta o Cruzeiro, pelas quartas de final do Campeonato Gaúcho, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.
Antes do chileno Gutiérrez, o time colocado já havia anunciado uma série de jogadores para fortalecer o plantel. Entre eles, o volante Edenílson (ex-Genoa), o atacante William Potker (que ainda atua pela Ponte Preta no Campeonato Paulista) e o zagueiro argentino Victor Cuesta (ex-Independiente).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia