Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 28 de abril de 2017. Atualizado às 00h16.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Agronegócios

Notícia da edição impressa de 28/04/2017. Alterada em 27/04 às 20h30min

Entidades gaúchas conhecem olivicultura uruguaia

Missão busca informações para implementar projetos para o setor

Missão busca informações para implementar projetos para o setor


/EMATER/DIVULGAÇÃO/JC
Entre esta sexta-feira e domingo, 14 lideranças representantes de entidades ligadas ao setor do agronegócio gaúcho estarão no Uruguai para conhecer a realidade da olivicultura do país vizinho, uma iniciativa do Programa Juntos para Competir. Além de Farsul, Senar e Sebrae, participam técnicos da Secretaria Estadual da Agricultura e da Emater.
O gerente do Setorial de Agronegócios do Sebrae-RS, João Paulo Kessler, explica que a missão tem por objetivo buscar conhecimento técnico para implementação de projetos no Rio Grande do Sul. "Escolhemos o Uruguai porque é um país que tem condições de solo, clima e relevo próximas às nossas, principalmente na Metade Sul do Estado", acrescenta.
Para o superintendente do Senar-RS, Gilmar Tietböhl, a ação é incremento para os futuros treinamentos que a instituição terá neste segmento. "Estamos formatando treinamentos para atender produtores e interessados em investir nesta nova produção."
Durante a missão, o grupo participa de reunião com a Associação Olivícola Uruguaia (Asolur). Ainda terão a oportunidade de visitar o Instituto Nacional de Investigação Agropecuária do Uruguai - Inia Las Brujas.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia