Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 17 de abril de 2017. Atualizado às 22h41.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Tecnologia

Notícia da edição impressa de 18/04/2017. Alterada em 17/04 às 20h38min

Migração para nuvem vai afetar novos aportes em TI

Ação envolve uso de novas arquiteturas de TI e filosofias operacionais

Ação envolve uso de novas arquiteturas de TI e filosofias operacionais


ED JONES /ED JONES/AFP/JC
A migração para nuvem terá impacto direto ou indireto sobre um percentual cada vez maior dos investimentos anuais em Tecnologia da Informação (TI) até 2020, transformando a computação em cloud em uma das forças mais disruptivas nos mercados de TI desde os primeiros dias da era digital. A aposta é do Gartner, líder mundial em pesquisa e aconselhamento imparcial em tecnologia.
A mudança cada vez mais acelerada dos investimentos em sistemas tradicionais para os serviços em cloud traz um misto de alto risco e oportunidades. Quando as empresas têm que fazer decisões que envolvem o budget de TI, as opções de utilizar serviços em nuvem para iniciativas novas ou para substituir os sistemas existentes causam uma mudança nos investimentos, que migram das soluções de TI tradicionais para cloud.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia