Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 12 de abril de 2017. Atualizado às 18h35.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Alterada em 12/04 às 18h40min

Ibovespa reflete incertezas e fecha em baixa de 0,73%

As adversidades dos cenários interno e externo voltaram a determinar o sinal de baixa do Índice Bovespa nesta quarta-feira (12). Queda de commodities, tensão geopolítica e incertezas no cenário político doméstico foram os principais estímulos para as ordens de venda de ações, que levaram o Índice Bovespa a operar no vermelho durante quase todo o dia e perder o patamar dos 64 mil pontos. Ao final do dia, o indicador teve baixa de 0,73%, aos 63.891,67 pontos.
O "day after" da divulgação da "Lista de Fachin" foi de noticiário intenso e muitas dúvidas sobre seu potencial para comprometer o andamento das reformas estruturais no Congresso. Revelada ontem com exclusividade pelo Grupo Estado, a lista de Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), traz a determinação de abertura de inquérito contra 8 ministros de Estado, 12 governadores e diversos parlamentares, incluindo os presidentes da Câmara e do Senado.
"Embora a lista não tenha surpreendido o mercado, os inquéritos são mais um fator de desgaste para o governo e podem dificultar o endereçamento das reformas", disse Shin Lai, estrategista e analista da Upside Investor.
Mas o mau humor no mercado brasileiro de ações também foi, em boa parte, importado das bolsas internacionais, que na maioria fecharam em baixa. Os contratos futuros de aço e de minério de ferro negociados na China tiveram forte queda, após siderúrgicas reduzirem seus preços numa tentativa de desovar o excesso de estoques. Com isso, as ações da Vale seguiram à risca o desempenho de suas pares e tiveram perdas de 4,33% (ON) e de 4,41% (PNA). Os papéis do setor siderúrgico acompanharam. Entre as ações que fazem parte do Ibovespa, as maiores queda foram de CSN ON (-8,70%), Bradespar PN (-5,97%), Gerdau PN (-5,08%) e Usiminas PNA (-4,53%).
Os negócios totais na bolsa somaram R$ 14,5 bilhões, inflados pelos vencimentos do dia. Com o resultado de hoje, o Ibovespa passa a contabilizar queda de 1,09% na semana e de 1,68% em abril.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia