Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 12 de abril de 2017. Atualizado às 09h56.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

consumo

Alterada em 12/04 às 09h58min

Chocolates e peixes sobem de preço e Páscoa fica mais cara

A alta no preço do pescado foi de 9,28%, o que deve fazer consumidor gastar mais

A alta no preço do pescado foi de 9,28%, o que deve fazer consumidor gastar mais


JONATHAN HECKLER/JC
Agência Brasil
A alta no preço do chocolate (12,61% em um ano) e do pescado (9,28%) faz o consumidor gastar mais na Páscoa. O levantamento nacional foi realizado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP).
Apesar do aumento nos preços, outros itens que foram vilões da Páscoa em anos anteriores agora estão mais baratos. A cebola acumulou alta de 60,59% no ano passado, mas registrou queda de 51,15% este ano. A batata inglesa teve reajuste de 34,15% na Páscoa de 2016 e caiu 42,14% este ano.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia