Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 11 de abril de 2017. Atualizado às 09h53.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 11/04 às 09h56min

Dólar cai com exterior e aposta em fluxo positivo

O dólar abriu esta terça-feira (11) com viés de baixa, em linha com o desempenho da moeda no exterior e diante das expectativas de ingressos de capitais estrangeiros para a Oferta Inicial de Ações da Azul, fechada na segunda-feira (10) no valor de R$ 2,021 bilhões - e que será liquidada nesta quinta-feira (13) segundo um operador de uma corretora de câmbio.
A moeda norte-americana reduziu as perdas no mercado à vista e chegou a subir pontualmente no mercado futuro, mas voltou a ceder em seguida, reagindo à perda de força do petróleo.
Expectativas de aceleração no corte da taxa Selic na reunião do Copom, que começa nesta terça e termina amanhã também pesam sobre o sentimento dos investidores, dado que um juro básico menor poderá ajudar o país a sair mais rápido da recessão econômica.
Às 9h24min desta terça, o dólar à vista caía 0,30%, aos R$ 3,1272, após tocar em máxima aos R$ 3,1353 (-0,04%) um pouco antes e registrar mínima, após a abertura, aos R$ 3,1257 (-0,35%). No mercado futuro, o dólar para maio de 2017 recuava 0,16% no mesmo horário, aos R$ 3,140, após subir pontualmente à máxima de R$ 3,1475 (+0,08%), ante mínima aos R$ 3,1375 (-0,24%).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia