Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 03 de abril de 2017. Atualizado às 16h25.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

comércio exterior

03/04/2017 - 15h46min. Alterada em 03/04 às 16h31min

Balança tem maior superávit para março na história

Diversos países anunciaram barreiras ao produto nacional após a divulgação da operação Carne Fraca

Diversos países anunciaram barreiras ao produto nacional após a divulgação da operação Carne Fraca


Mesmo com as sanções sofridas pela carne brasileira no exterior após a Operação Carne Fraca, a balança comercial brasileira registrou o melhor desempenho para março em 29 anos. O superávit foi de US$ 7,145 bilhões no mês passado, o maior valor para o período em toda a série histórica, iniciada em 1989, de acordo com dados divulgados há pouco pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic).
O saldo positivo é resultado de US$ 20,085 bilhões em exportações e de US$ 12,940 bilhões em importações. 
No mês passado, a Polícia Federal deflagrou uma operação para apurar suspeita de um esquema de corrupção envolvendo técnicos do Ministério da Agricultura e frigoríficos para driblar irregularidades sanitárias na produção de carne brasileira. Diversos países anunciaram barreiras ao produto nacional após a divulgação da operação, mas parte das sanções já foram revertidas.
Mesmo com a operação, as exportações de carnes bovinas, suínas e de frango somaram US$ 1,113 bilhão em março deste ano, valor 9,0% maior do que em igual período do ano passado (US$ 1,021 bilhão). As vendas externas aumentaram no caso do frango (de US$ 511 milhões em março de 2016 para US$ 571 milhões no mês passado) e da carne suína (de US$ 99 milhões para US$ 138 milhões no mesmo período), mas caíram na carne bovina (de US$ 411 milhões para US$ 404 milhões em igual intervalo).
No ano, o resultado acumulado é positivo em US$ 14,424 bilhões, também o melhor resultado para o período. As exportações somaram US$ 50,466 bilhões e as importações, US$ 36,042 bilhões.
Somente na quinta semana de março (27 a 31) houve superávit de US$ 1,692 bilhão, com US$ 4,106 bilhões em exportações e US$ 2,415 bilhões em importações.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia