Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 03 de abril de 2017. Atualizado às 22h48.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Palavra do Leitor

Notícia da edição impressa de 04/04/2017. Alterada em 03/04 às 18h40min

Mercado imobiliário

Em relação à reportagem Setor de imóveis de Porto Alegre confia na recuperação em 2017 (Jornal do Comércio, 03/04/2017), os preços de imóveis estão irreais e assim devem continuar por um bom tempo. Acredito que a queda de preços só está começando. Pague o justo para não pagar o pato! Guarde seu dinheiro! O momento de comprar não é agora! (Geraldo Eustáquio, Porto Alegre)
Doações no Imposto de Renda
Boa a matéria na edição de 03/04/2017 do Jornal do Comércio informando que ainda há tempo para doar parte do Imposto de Renda da Pessoa Física ("Doações para abater no Imposto de Renda vão até o dia 28 de abril"). Acontece que há cerca de três anos tenho imposto a pagar, uma quantia pequena, mas não encontro o tal de "campo" para dizer que quero destinar até 3% ou 6% para o Funcriança, aqui de Porto Alegre. Por que não colocam ali uma linha clara para se dizer que há interesse na destinação do IRPF (parece que pessoa jurídica também pode)? Isso daria muito dinheiro, no conjunto, para setores sociais. (Darvin Rubilar, Porto Alegre)
Imposto Sindical
Imposto Sindical só serve para alimentar sindicatos parasitas, que nada fazem a não ser greves sem qualquer resultado, mas que infernizam a vida dos porto-alegrenses, no nosso caso, aqui na Capital. Temos milhares de sindicatos espalhados pelo Brasil, enquanto, em outros países, não passam de 200, às vezes menos. Vamos acabar com esse imposto, que tira dinheiro dos que trabalham para sustentar quem não faz nada e vive passeando para lá e para cá pelo Estado e o Brasil. (Gilberto de Carli, Porto Alegre)
Vergonha
É uma vergonha que uma escola estadual tenha sido assaltada 18 vezes apenas em 2017. Não conseguem deixar uma guarnição da Brigada Militar lá dentro à noite? É um deboche para com a Polícia Civil e a Brigada que não conseguem evitar isso. É uma vergonha, é um escárnio contra a sociedade como um todo. (Rubenlar Machado, Porto Alegre)
Hidrovias
Sobre o artigo O Rio Grande precisa das hidrovias (do deputado Edson Brum, PMDB, publicado no Jornal do Comércio em 31/03/2017), fiz todos os levantamentos batimétricos para a Hidrovia Brasil x Uruguai em todos os rios e lagoas, onde concluí o grande potencial da malha hidroviária do Estado. (Antonio Mota, Brasília/DF)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia