Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 12 de abril de 2017. Atualizado às 23h11.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Carlos Pires de Miranda

Gastronomia

homem na cozinha

Notícia da edição impressa de 13/04/2017. Alterada em 12/04 às 16h54min

Duas sugestões de pescados

ARMAZÉM DO BACALHAU /DIVULGAÇÃO/JC
A receita de bacalhau é um clássico, tive o prazer de degustar uma semelhante em Lisboa. Seu autor é Rogério Priori, chef do Armazém do Bacalhau (rua Eudoro Berlink, 157, quase esquina com Coronel Bordini), e no menu do restaurante (tel. 51 3276-5503) custa justos R$ 140,00 para duas pessoas. A outra vem do chef Mamadou Séne, professor do Senac - nesta, a escolha do peixe é o maior segredo. Boa e saborosa Páscoa a todos!
Bacalhau com batatas ao murro
Ingredientes (duas pessoas):
  • 550g de lombo de bacalhau dessalgado
  • 10g de alho laminado
  • 100g de cebolas em rodelas
  • 4 batatas cozidas com casca
  • 60ml de azeite de oliva
  • 6 azeitonas pretas
  • 2 ovos cozidos
  • salsa picadinha e sal grosso
Modo de preparar:
1- Temperar bacalhau com azeite e alho e as batatas com azeite e sal grosso. Dispor em uma fôrma e levar ao forno, aquecido a 180°C, por 30 minutos.
2- Fritar cebolas com alho, azeite e acrescentá-las à fôrma, juntamente com azeitonas.
3- Retirar bacalhau do forno e passar a uma travessa. Com o punho, amassar levemente as batatas e distribuí-las em torno do peixe.
4- Cobrir com cebolas, azeitonas e ovos cozidos cortados em quatro partes. Salpicar salsinha e servir.
5- Pode-se valorizar a guarnição com legumes ao vapor e grão de bico.
Filé de peixe ao pesto com camarão e purê de inhame
Hcoz 2 - Filé de peixe ao pesto
   
    Ingredientes (cinco porções):
  • 900 g de filé de robalo, cherne ou garoupa
  • 400 g de camarão graúdo
  • 80 ml de óleo vegetal
  • sal e pimenta do reino
  • 1 maço de hortelã picada
  • maço de manjericão
  • 80 g de tomate seco
  • 150 ml de azeite
  • 60 g de amêndoas
  • 400 g de inhame descascado, cortado em cubos
  • 1 talo de aipo picado
  • 1 cebola média picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 600 ml de caldo de legumes
  • 100 ml de leite de coco
Modo de preparar:
1- Bater hortelã, manjericão, tomate, azeite e amêndoas em liquidificador até ficar homogêneo. Reservar.
2- Condimentar camarões e filés com sal e pimenta. Aquecer azeite e grelhar camarões até ficarem rosados. Desligar o fogo e adicionar três colheres (sopa) do pesto.
3- Aquecer óleo e grelhar filés de ambos os lados. Reservar.
4- Cozinhar inhame em caldo de legumes, com cebola, alho e azeite. Quando estiver bem macio, peneirar, bater em liquidificador com um pouco do líquido do cozimento e o leite de coco. Temperar com sal e pimenta.
5- Servir os filés sobre o purê, cobertos com pesto e camarões.

via e-mail

Chef e proprietária do bistrô Studio dos Aromas
LUIS VENTURA/DIVULGAÇÃO/JC
Sorveterias há muitas na cidade, o padrão de qualidade tem evoluído, creio que desde a chegada da La Basque, ali no comecinho da Avenida Goethe - lembro que, há uns 30 anos, já buscava caixas de sorvete de chocolate com amêndoas, para meu consumo doméstico. A antiga loja e o mix de produtos foram recentemente ampliados.
Mas eu queria mesmo era elogiar o sorvete de avelãs, que na foto aparece com outra bola de chocolate - as duas, R$ 14,00, uma, R$ 9,00. Uma delícia do Troppo Buono, na praça de alimentação do Shopping Moinhos.
Matambre, onde estás? Na parrilla onde o degusto habitualmente, na última vez, veio rijo, parecia inacabado - acho que a fome bateu cedo demais, era final de tarde, sei lá. El Fuego não serve mais, me resta tentar a Schneider, farta em pescados e carnes - entre elas o matambre, se é que ainda tem.
Se preciso, me toco a Montevidéu ou Buenos Aires para degustar um matambre como esse aí da foto, com salada russa. Lá, tem por toda a parte.
Natalício deixou o Moinhos, em seu lugar surgiu "O Botequim". Que, como pude constatar, continuava com feijoada e samba ao vivo no sábado à tarde. Com pouco público, é verdade, mas profusão de mesas e cadeiras prontas a invadirem a calçada.
Studio dos Aromas festeja seu primeiro aniversário, com o sistema de servir somente 20 almoços, em dois horários. A chef e proprietária do bistrô é Natalie Machado (foto). Rua João Alfredo, 549, tel. (51) 3573-6818.
Promoção do excelente San Tao, de Gramado, para todo o feriadão: sequência especial de culinária japonesa por R$ 98,00. Reservas: (54) 3286-9625.
Olhem esses biscoitinhos de queijo, que amigos me trouxeram de Aracaju. A marca é D'Lícia, são fabricados em Penedo (Alagoas) e se desmancham saborosamente na boca. Se alguma delicatessen tiver a sabedoria de distribuir por aqui, o telefone da fábrica é (82) 3551-2739.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia