Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 27 de abril de 2017. Atualizado às 22h03.

Jornal do Comércio

Viver

COMENTAR | CORRIGIR

música

Notícia da edição impressa de 28/04/2017. Alterada em 27/04 às 17h39min

Diálogo pelos instrumentos

Quarteto da nova geração toca no projeto Desconcerto sábado

Quarteto da nova geração toca no projeto Desconcerto sábado


SOFIA CORTESE/DIVULGAÇÃO/JC
Acontece neste sábado o Desconcerto #19, no Parangolé (Lima e Silva, 240), a partir das 19h. O projeto traz instrumentistas da nova geração da música clássica atuante em Porto Alegre.
O evento não tem um valor fixo de couvert artístico, mas pede-se uma contribuição espontânea. Reservas pelo telefone (51) 3019-6898. João Pedro Germano Pagliosa (flauta), Luiz Paulo Dourado (violino), Thiago de Souza Pinto (viola) e Rafael Honorio Sobrinho (violoncelo) se reúnem pela primeira vez. O repertório coloca em diálogo duas obras do século XVIII, o Quarteto para flauta, violino, viola e violoncelo K 285, do austríaco Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791), e o Quarteto em dó maior, opus 32, nº 4, do italiano Luigi Boccherini (1743-1805), e uma do século XXI, o Quarteto de cordas nº 1 (Se Beethoven fosse um compositor minimalista), do brasileiro Dimitri Cervo (1968-).
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia