Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 24 de abril de 2017. Atualizado às 22h00.

Jornal do Comércio

Jornal da Lei

COMENTAR | CORRIGIR

Processo Civil

Notícia da edição impressa de 25/04/2017. Alterada em 24/04 às 22h03min

Congresso com foco nas mulheres debate o novo CPC

Buscando refletir sobre as modificações realizadas no Código de Processo Civil, que entrou em vigor em março de 2016, Porto Alegre vai ser sede do II Congresso Mulheres no Processo Civil Brasileiro. O evento, que é voltado para o público em geral, independentemente de gênero, ocorrerá nos dias 27 e 28 de abril, a partir das 9h, na Faculdade de Direito da Ufrgs. Na ocasião, também será lançada a coletânea da primeira edição, sobre negócios jurídicos processuais.
Segundo a coordenadora do evento, Cristina Motta, o tema Inovações do Novo Código de Processo Civil surgiu a partir da necessidade da comunidade jurídica discutir e se readequar à legislação, que ganhou novas diretrizes. "O código traz novos parâmetros e adequações que visam, a longo prazo, a uma Justiça mais célere e ao desafogo do Judiciário, para que a resolução de conflitos seja mais eficaz. Um dos grandes problemas do Judiciário hoje é a quantidade de demandas, o que acarreta em um processo lento. O novo código traz como alternativa para a solução deste problema, uma justiça multiportas, através da mediação, conciliação e arbitragem", explica a advogada.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia