Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 10 de maio de 2017. Atualizado às 08h08.

Jornal do Comércio

Empresas & Negócios

COMENTAR | CORRIGIR

Opinião

Notícia da edição impressa de 02/05/2017. Alterada em 30/04 às 16h56min

Eixos para a criação de um negócio rentável

Rafa Prado
Você já mudou sua mentalidade e descobriu que com suas habilidades e competências pode ganhar dinheiro? Afinal, existe um grande universo de pessoas precisando de seus produtos e serviços, mas, acima de tudo, do seu conhecimento, do seu capital intelectual. Mas não basta saber. É preciso aplicar, empreender, arriscar. Se deseja crescer e estar à frente de 90% dos empreendedores contemporâneos, crie um negócio.
Criar um negócio, vale ressaltar, não significa apenas abrir uma empresa e ter CNPJ. É muito mais do que isso. Significa ter uma estrutura capaz de gerar renda de maneira passiva. Significa ter outras pessoas com os mesmos dons e habilidades trabalhando por você mesmo quando estiver viajando pelo mundo.
Imagine poder viajar com sua família, ter mais tempo para seus filhos, não se preocupar com gestão ativa, pois você plantou algo tão sólido no passado que agora pode usufruir desses frutos e continuar enriquecendo.
Imagine ter decisão de escolha. Trabalhar por prazer porque você assim escolheu e não apenas sobreviver ou ser obrigado a ir todos os dias ao escritório e se tornar um prisioneiro de si mesmo.
Compartilho minha visão de quais são os quatro eixos para a estruturação de um negócio rentável.
1) Identificação de oportunidade:
Todo e qualquer negócio nasce a partir de uma oportunidade para resolução de algum problema. Saiba que sua competência é o combustível para geração de renda. Afinal, suas habilidades resolvem o problema de alguém. Lembre-se: existe muita gente fazendo fortunas em momentos de instabilidade; e não existem ganhos expressivos sem riscos.
2) Criação de um plano mestre:
A palavra de ordem para mitigar o "risco" que todos temem se chama planejamento, que é a alma para a criação de processos e sistemas. O primeiro passo para iniciar um negócio ou expandi-lo aumentando seu faturamento é a criação de um plano mestre. Fica a dica: os iniciantes precisam de muito suor, fé inabalável e um plano simplificado orientado à execução.
3) Execução do plano:
Aqui a palavra de ordem é agilidade. Muita gente perde milhões por falta de agilidade na execução de seus planos mestres. É importante implementar o que você pensou o mais rápido possível, mesmo que não seja com o planejamento perfeito ou a estratégia exata, pois é na implantação que você entende o que falta ali. Seja eficiente para errar rápido, se for para errar.
4) Oferta dos produtos e serviços:
Em minha convivência com CEOs e empresários de sucesso internacional, entendi que a palavra de ordem dos negócios centenários é recorrência. Não pense em oferta irresistível apenas como uma mensagem de marketing. Inovar na solução de um problema diz respeito ao que você faz diferentemente de sua concorrência para resolver o mesmo problema.
Consultor e autor do livro
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Marcio 09/05/2017 19h38min
Realmente um Negócio vai muito além da criação de um CNPJ, algumas das mais revolucionárias formas de criar um negócio esta dentro do Mundo Digital. Hoje é possível qualquer pessoa, com um pouco de interesse em adquirir conhecimento, criar um pequeno negócio na Internet, com baixo Investimento, sem a necessidade de um espaço físico, funcionários, estoques. O Marketing de Afiliados esta transformando a vida de diversas pessoas que sempre sonharam em Empreender, muito bom conteúdo, parabéns e um a