Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 30 de março de 2017. Atualizado às 13h12.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

gente

30/03/2017 - 10h08min. Alterada em 30/03 às 11h38min

Mulher de Lasier Martins registra queixa por agressão em Delegacia da Mulher

Lasier é acusado de lesão corporal e injúria

Lasier é acusado de lesão corporal e injúria


FREDY VIEIRA/JC
A mulher do senador Lasier Martins (PSD) afirma ter sido agredida pelo político na última terça-feira (28). A jornalista Janice Santos prestou queixa na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Brasília e realizou exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML). As informações são do jornal Correio Braziliense. De acordo com a publicação, Janice acusa o parlamentar de lesão corporal e injúria, e diz que esta não foi a primeira vez que sofreu agressões de Lasier.
Segundo o jornal, a jornalista e o senador são casados há quase cinco anos e estariam em processo de separação. A empregada doméstica do casal, que teria presenciado a cena, teria prestado depoimento como testemunha do caso. No relato à delegacia, Janice afirma que sofreu chutes nas pernas e que segurava um porta-joias no momento da briga e teve a mão pressionada contra o acessório, o que também deixou lesões aparentes. O senador, por sua vez, nega as acusações e afirma que apenas “reagiu para se defender”. Além disso, o senador gaúcho alega que ela própria se feriu para forjar a situação e que a esposa quer “chantageá-lo” com “denúncias falsas”.
Lasier deu outra versão sobre o fato de a doméstica ter comparecido à Deam. “No dia da briga, ela saiu de casa e levou a empregada na delegacia. Mas a doméstica se recusou a ser testemunha, pois sabe que é tudo mentira. A funcionária lá de casa, inclusive, me procurou no meu gabinete para dizer que havia se recusado a mentir para a delegada. Ela estava no local e não viu nenhuma agressão, pois isso não aconteceu”, afirma.
A assessoria de imprensa do senador Lasier Martins informou que vai emitir uma nota sobre o caso.
Em nota enviada pela sua assessoria de imprensa, Lasier negou a agressão e atribuiu as acusações a "manobras da mulher para tirar proveito em tentativa de acordo em processo judicial" de separação.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Rogerio D Maestri 30/03/2017 11h24min
Realmente o problema não é ter atritos entre um casal, o problema é simplesmente não ter feito a separação no primeiro sinal de problemas mais graves.nLasier que já é uma figura conhecida internacionalmente pelo vídeo do choque, agora se mete num barraco com a esposa que certamente não é o primeiro.nLastimável que tenhamos um senador que fica notório exatamente por fatos bizarros!