Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 29 de março de 2017. Atualizado às 14h59.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

investigação

Alterada em 29/03 às 15h00min

Após buscas, Alerj informa que votações desta quarta-feira estão mantidas

A assessoria da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro informou que as votações desta quarta-feira (29) estão mantida, apesar da condução coercitiva do presidente da Casa, Jorge Picciani (PMDB), pela Operação O Quinto de Ouro da Polícia Federal, e das buscas em gabinetes realizadas mais cedo.
Ainda segundo o órgão, o site da Alerj ficou fora do ar por 12 horas, mas a ocorrência não teve relação com a operação autorizada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Houve um problema técnico no Proderj, órgão do Estado em que está instalado o servidor da Assembleia.
Um pequeno grupo de servidores públicos estaduais protestava no fim da manhã em frente à Alerj, em comemoração à prisão de cinco conselheiros do Tribunal da Contas do Estado e da condução de Picciani. Eles estouram fogos de artifício e levaram também um bolo ao local.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia