Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 23 de março de 2017. Atualizado às 11h55.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Câmara dos Deputados

Alterada em 23/03 às 11h59min

CCJ da Câmara elege deputado Rodrigo Pacheco (PMDB) para presidir colegiado

Pacheco foi eleito por unanimidade, com 41 votos

Pacheco foi eleito por unanimidade, com 41 votos


Lúcio Bernardo Junior/Câmara dos Deputados/Divulgação/JC
A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara acaba elegeu na manhã desta quinta-feira (22), o deputado Rodrigo Pacheco (PMDB-MG) para presidir o colegiado neste ano. O peemedebista chegou a ser cotado para o Ministério da Justiça e é conhecido por fazer críticas à Operação Lava Jato.
Pacheco foi eleito por unanimidade, com 41 votos. A eleição teve que ser refeita durante o processo porque a primeira tentativa de votação incluiu em chapa única os deputados Alceu Moreira (PMDB-RS) e Daniel Vilela (PMDB-GO) como primeiro e segundo vices-presidentes. O líder do PP, Arthur Lira (AL), questionou a formação das chapas, alegando que em reunião de líderes na quarta-feira (22), havia um acordo para que não fosse eleita chapa completa, apenas a presidência das comissões.
O pedido foi acatado pelo deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), que presidiu a sessão, e a votação foi refeita.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia