Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 21 de março de 2017. Atualizado às 22h33.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Judiciário

Notícia da edição impressa de 22/03/2017. Alterada em 21/03 às 22h28min

Gilmar Mendes acusa PGR e PF por vazar investigações

Gilmar apontou PGR como responsável por dar informações a jornalistas

Gilmar apontou PGR como responsável por dar informações a jornalistas


SCO/STF/JC
Em um duro discurso contra o vazamento de conteúdos sigilosos de investigações, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes voltou a defender a anulação de materiais e depoimentos vazados de inquéritos.
Criticou, sobretudo, o vazamento por parte de autoridades públicas - Polícia Federal e Procuradoria-Geral da República (PGR). E disse que "a divulgação de informações sob segredo de Justiça parece ser a regra, e não exceção".
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia