Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 08 de março de 2017. Atualizado às 23h57.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

editorial

Notícia da edição impressa de 09/03/2017. Alterada em 08/03 às 23h58min

Estamos no começo do fim da crise econômica

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o Brasil passou pela pior recessão da sua história, que estava centrada, até agora, nos anos de 1930 e 1931, quando da Grande Depressão Mundial. Em dois anos, 2015 e 2016, o Produto Interno Bruto (PIB) acumulou queda de 7,2%.
No entanto, os prognósticos de que 2017 seria o ano do início da retomada do crescimento estão se concretizando. Menos inflação e uma tênue evolução da produção industrial, além de safras agrícolas recordes apontam para um 2017 melhor, na comparação com o ano passado.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia