Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 16 de março de 2017. Atualizado às 01h07.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Coreia do Sul

Notícia da edição impressa de 16/03/2017. Alterada em 16/03 às 01h03min

Promotores confirmam eleições e intimam ex-presidente a depor

Promotores da Coreia do Sul informaram ontem que uma eleição será realizada no dia 9 de maio para escolher o sucessor da ex-presidente Park Geun-hye, que sofreu um impeachment na semana passada devido a um escândalo de corrupção envolvendo tráfico de influência. Além disso, ela será intimada a depor na terça-feira.
Park perdeu sua imunidade presidencial após a Corte Constitucional decidir, na sexta-feira, investigá-la formalmente por conivência com sua amiga Choi Soon-sil na extorsão de dinheiro de empresas, além de dar espaço a ela para atuar dentro do governo. Dezenas de outras figuras do alto escalão, incluindo o herdeiro da Samsung Lee Jae-yong, já foram indiciadas no escândalo.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia