Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 07 de março de 2017. Atualizado às 23h31.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Imigração

Notícia da edição impressa de 08/03/2017. Alterada em 07/03 às 23h30min

Hungria determina detenção de estrangeiros em busca de asilo

O Parlamento da Hungria aprovou ontem a detenção automática de todos os imigrantes em busca de asilo no país. Eles ficarão em campos na fronteira durante o processamento de seus pedidos de asilo, impedidos de circular livremente. A medida foi aprovada por ampla maioria.
A Hungria havia suspendido a prática de deter imigrantes em 2013 após pressão da União Europeia e da ONU. O país é governado pelo premiê radical Viktor Orbán, contrário à política de portas abertas defendida por países europeus como a Alemanha, que recebeu quase 900 mil migrantes em 2015.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia