Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 02 de março de 2017. Atualizado às 13h31.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

carnaval

Alterada em 02/03 às 13h32min

Presidente da Paraíso do Tuiuti culpa chuva e pintura da pista por acidente

O presidente da escola Paraíso do Tuiuti, Renato Thor, chegou por volta das 10h30 desta quinta-feira, 2, à 6ª Delegacia de Polícia (Cidade Nova), na região central do Rio, para prestar esclarecimentos sobre o acidente com o carro alegórico da escola. Antes de entrar no local, Thor falou com a imprensa e culpou a chuva e a pintura da pista da Avenida Marquês de Sapucaí pelo ocorrido. O acidente deixou 20 pessoas feridas - três ainda estão internadas.
A avenida foi pintada recentemente, e a Paraíso foi a primeira escola a desfilar. Com a chuva, acho que o carro perdeu um pouco o controle. A chuva deixou o carro um pouco meio sem direção", disse.
Thor também rebateu o argumento do motorista do carro de que a agremiação não tinha fornecido guias suficientes para direcionar o carro. "Tinha cinco guias, dois na esquerda, dois a direita e um na frente do carro", afirmou.
O presidente da escola afirmou também que a chamada "roda maluca" do veículo, encontrada quebrada, foi danificada após o acidente. Ele disse ainda que há um engenheiro contratado pela empresa responsável por todos os carros e teria reagido com surpresa aos acidentes.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia