Porto Alegre, quarta-feira, 01 de março de 2017. Atualizado às 14h22.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Acidentes no Carnaval geram debate sobre segurança de alegorias

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro informou nesta quarta-feira (1º) que fará uma reunião para tratar da segurança do desfile das escolas de samba do Grupo Especial do Rio. O encontro foi marcado após acidentes com carros alegóricos das agremiações que deixaram 35 feridos - número informado pela Promotoria. No primeiro dia de desfiles, 20 pessoas ficaram feridas depois que um dos carros alegóricos do Paraíso do Tuiuti entrou torto na pista e imprensou pessoas que estavam junto ao setor 1 (foto). Uma delas ainda corre risco de vida. O desfile das escolas de samba do carnaval do Rio teve ainda outros três acidentes com carros alegóricos em seu segundo dia. Em um deles, ocorrido na madrugada de terça-feira (28), parte da estrutura de um carro alegórico da Unidos da Tijuca desabou no começo do desfile da escola, e pelo menos 12 ocupantes do carro ficaram feridos, um com suspeita de traumatismo craniano e outro, de traumatismo abdominal.
 

FOTO YASUYOSHI CHIBA/AFP/JC