Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 31 de março de 2017. Atualizado às 08h11.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Tênis

Notícia da edição impressa de 31/03/2017. Alterada em 30/03 às 22h27min

ITF quer reduzir número de profissionais a 1,5 mil

O número de jogadores competindo em nível profissional será reduzido drasticamente após a Federação Internacional de Tênis (ITF, na sigla em inglês) apresentar o seu projeto de reestruturação profunda do circuito, com implementação prevista para 2019 e que tem o objetivo de ajudar na transição dos jovens jogadores até o topo do esporte.
O programa de revisão da ITF vem sendo estudado há alguns anos e surgiu diante da avaliação de que há muitos tenistas que tentam competir no circuito profissional, poucos efetivamente conseguindo, e que a idade deles está aumentando. Esse movimento deve levar o número de jogadores competindo profissionalmente a ser reduzido de 14 mil para 1,5 mil, com a introdução de um circuito que contará com a realização de eventos regionais em locais pré-determinados para "ajudar a transição do tênis juvenil para o profissional" com a redução de custos e aumento de oportunidades para os atletas.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia