Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 05 de março de 2017. Atualizado às 17h34.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

futebol

Alterada em 05/03 às 17h37min

Por causa das Eliminatórias, São Paulo pede para FPF mudar data de clássico

A diretoria do São Paulo pediu à Federação Paulista de Futebol (FPF) para mudar a data do clássico com o Corinthians. O jogo está marcado para o dia 26 de março, no meio de duas datas Fifa (dias 23 e 28). A equipe do Morumbi tem três jogadores convocados para defender as seleções dos seus respectivos países: Lucas Pratto e Buffarini (Argentina) e Cueva (Peru).
O Corinthians já teve o lateral-direito Fagner convocado pela seleção brasileira na última sexta-feira. O zagueiro Balbuena ainda pode ser chamado pelo Paraguai.
"Um jogo dessa magnitude tem de ter Pratto, Cueva, Buffarini, Fagner e Balbuena. Não pode perder os jogadores mais importantes dos times. A federação ficou de estudar se há datas", disse o presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, neste domingo, antes da partida contra o Santo André, pela sétima rodada do Campeonato Paulista.
O próprio presidente do São Paulo estará envolvido com as datas Fifa de março. O dirigente será o chefe da delegação brasileira nos jogos contra Uruguai, dia 23 em Montevidéu, e diante do Paraguai, dia 28 no Itaquerão, em São Paulo.
O clássico entre São Paulo e Corinthians está marcado para o estádio do Morumbi. Além do Campeonato Paulista, as duas equipes estão na Copa do Brasil e decidirão vaga na competição nacional na próxima semana, contra ABC e Luverdense, respectivamente.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia