Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 06 de março de 2017. Atualizado às 10h33.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato gaúcho

04/03/2017 - 21h02min. Alterada em 06/03 às 10h34min

Grenal 412 termina com empate em 2 a 2 na Arena

Grenal 412 fica no empate em 2 a 2 pela 6ª rodada do campeonato gaúcho

Grenal 412 fica no empate em 2 a 2 pela 6ª rodada do campeonato gaúcho


RICARDO DUARTE/Inter/Divulgação/JC
A chuva caiu torrencialmente em Porto Alegre no início da noite deste sábado (4). Mas isso não acirrou os ânimos de gremistas e colorados na disputa do Grenal 412, válido pela sexta rodada do Campeonato Gaúcho. Com direito a polêmicas, discussões, viradas e golaços, em um clássico eletrizante para mais de 45 mil pessoas, Grêmio e Inter empataram em 2 a 2.
O início da partida parecia que iria coroar a tarde de provocações dos mandantes. A letra B em vermelho nunca foi tão vista no estádio. Houve torcedor que trocou o uniforme tricolor pela fantasia de fantasma da Série B - no ano passado, um drone com um fantasma da Série B sobrevoou o estádio Beira-Rio e causou enorme confusão durante o clássico entre as equipes. 
Desta vez, não houve confusão entre torcedores. O Grêmio é que teve um problema de última hora. O volante Maicon sentiu desconforto muscular e foi preservado por conta do jogo de meio de semana pela Libertadores. Do lado colorado, o técnico Antonio Carlos Zago, estreante em Grenais, pôde contar com D'Alessandro, recuperado de lesão.
O Grêmio começou melhor a partida, aproveitando também do mau momento do Internacional no Campeonato Gaúcho. Logo aos 11, Bolaños avançou e chutou para boa defesa do goleiro Danilo Fernandes. O time colorado demonstrava nervosismo para chegar ao ataque e ficou atrás do marcador aos 22 minutos.
Após rápido contra-ataque, Ramiro lançou para Pedro Rocha, que tocou para Miller Bolaños. O equatoriano avançou e tocou para as redes. Após o gol, o estádio passou a gritar "ão, ão, ão, segunda divisão". Na sequência, Bolaños assustou novamente em cabeceio.
O Inter não se encontrava em campo. Rodrigo Dourado e Léo Ortiz discutiram sobre posicionamento. D'Alessandro também chegou a chamar a atenção do setor defensivo. Pouco depois, Bolaños reclamou de falta recebida e bateu boca com William. E o jogo chegou a ficar paralisado enquanto os menos exaltados tentavam acalmar os ânimos.
A primeira chance dos visitantes só veio aos 41 minutos. Carlinhos recebeu na esquerda, e bateu de perna direita para defesa de Marcelo Grohe. O Grêmio respondeu em contra-ataque. Novamente Bolaños recebeu na frente e bateu com perigo para fora
O Inter voltou mais ligado para o segundo tempo após as entradas de Nico López e Roberson nas vagas de Carlos e Charles. Logo aos 10 minutos, Nico tocou para Roberson, que tabelou com Brenner, e tocou na saída de Grohe: 1 a 1.
O gol calou o estádio e provocou um apagão no Grêmio. O Inter aproveitou o bom momento e virou a partida dois minutos mais tarde. Uendel tabelou com D'Alessandro e deixou Brenner na cara do gol. O atacante deslocou Grohe e deixou o time colorado em vantagem.
O técnico Renato Gaúcho decidiu então mexer na equipe e colocou em campo o estreante Lucas Barrios na vaga de Pedro Rocha. E logo depois pôs Fernandinho na vaga de Michel. A mudança surtiu efeito. Na primeira vez que tocou na bola, aos 23 minutos, Fernandinho dominou pelo lado esquerdo, levou para o meio e mandou uma bomba no canto oposto do goleiro Danilo Fernandes para deixar tudo igual novamente.
Após a igualdade em 2 a 2, um temporal caiu na Arena do Grêmio e atrapalhou o andamento da partida. As equipes continuaram brigando e na base da raça tentavam chegar ao ataque. No fim das contas, permaneceu o empate.
O resultado coloca o Grêmio momentaneamente na vice-liderança da competição, com 11 pontos. Já o Colorado segue na quinta posição, com sete. O Inter volta a atuar pelo Gauchão no próximo domingo, às 16h, contra o Juventude, no Alfredo Jaconi. Já o Grêmio folga no fim de semana seguinte devido ao compromisso pela Libertadores na quinta-feira. Pela sétima rodada do Estadual, enfrenta o Brasil de Pelotas no dia 15, às 21h45min, no Bento Freitas. Com informações da Agência Estado.
Grêmio 2 x 2 Internacional
Marcelo Grohe; Léo Moura, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Jailson (Lincoln), Michel (Fernandinho), Ramiro e Miller Bolaños; Pedro Rocha (Lucas Barrios) e Luan. Técnico: Renato Portaluppi.
Danielo Fernandes; William, Léo Ortiz, Paulão e Carlinhos; Rodrigo Dourado, Charles (Roberson), Uendel e D'Alessandro; Carlos (Nico López) e Brenner (Anselmo). Técnico: Antônio Carlos Zago.
Árbitro: Leandro Vuaden
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Sandro macedo 04/03/2017 21h34min
Falei pros meus colegas que ia dar empate.só que achei que seria 1 a 1.grenal nunca é jogo jogado.dá-lhe grêmio.