Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 30 de março de 2017. Atualizado às 10h19.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Varejo

30/03/2017 - 10h25min. Alterada em 30/03 às 10h25min

Vendas recuam em 6 das 8 atividades do varejo em janeiro ante dezembro, diz IBGE

Equipamentos de informática e comunicação influenciaram as perdas

Equipamentos de informática e comunicação influenciaram as perdas


GABRIELA DI BELLA/ARQUIVO/JC
A redução de 0,7% nas vendas do comércio varejista em janeiro ante dezembro foi causada por perdas disseminadas. Seis das oito atividades pesquisadas tiveram resultados negativos, segundo os dados da Pesquisa Mensal de Comércio divulgados nesta quinta-feira (30), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Os recuos foram registrados por Equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação (-4,8%); Combustíveis e lubrificantes (-4,4%), Livros, jornais, revistas e papelarias (-1,9%); Outros artigos de uso pessoal e doméstico (-1,8%); Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (-1,1%) e Móveis e eletrodomésticos (-0,1%).
A queda só não foi mais acentuada porque o setor de supermercados, atividade de maior peso na estrutura do varejo, teve avanço de 0,2% no período. O segmento de Tecidos, vestuário e calçados também avançou, 4,1%, influenciado pelas promoções de queima de estoques do Natal, informou o IBGE.
No varejo ampliado, que inclui as atividades de veículos e material de construção, a queda de 0,2% teve influência também do avanço de 0,3% nas vendas de Veículos e motos, partes e peças, embora Material de construção tenha registrado redução de 0,8%.
O IBGE lembrou que a partir da divulgação dos dados de janeiro, a Pesquisa Mensal de Comércio teve a base e a amostra atualizadas. "É importante atualização da amostra de tempos em tempos para dar conta da saída de informantes", explicou Isabella Nunes, gerente da Coordenação de Serviços e Comércio do IBGE.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia