Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 29 de março de 2017. Atualizado às 01h24.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

indústria

Notícia da edição impressa de 29/03/2017. Alterada em 28/03 às 21h07min

Fimma 2017 aposta em ações estratégicas para o setor moveleiro

A Fimma - Feira Internacional de Máquinas, Matérias-Primas e Acessórios para a Indústria Moveleira Brasil 2017 - realizou ontem sua abertura oficial, reunindo diversas autoridades em Bento Gonçalves. Na cerimônia, o presidente da feira, Rogério Francio, falou sobre os desafios de realizar o evento em um dos piores momentos econômicos vivenciados pelo Brasil e pelo setor produtivo, com recessão, mercado interno em retração, crise política e institucional, alta carga tributária, desemprego, falta de crédito e de investimentos. "Não nos deixamos abater e buscamos, com uma gestão participativa, a excelência junto às indústrias participantes", revelou.
Em seu discurso, o executivo reforçou a relevância da Fimma Brasil e as características que estão definindo a edição de 2017: profissionalismo, superação, gestão, inovação e oportunidades. Francio destacou também a importância das sete ações estrategicamente desenvolvidas e direcionadas para a indústria, expositores, empresários, arquitetos, designers, especificadores, pequenos empreendedores, acadêmicos e formadores de opinião: Projeto Comprador, Projeto Imagem, Fimma Marceneiro, Workshop de Móveis, Seminário Indústria 4.0, Seminário NR 12 e Laboratório de Inovação. "Definimos a excelência dos projetos e serviços como objetivo e só o atingimos por uma razão: trabalhamos em equipe."
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia