Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 21 de março de 2017. Atualizado às 10h13.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Juros recuam com dólar e suspensão de restrições a carnes por Coreia do Sul

Os juros futuros recuam, em sintonia com o dólar. Traz alívio também a queda do embargo imposto pela Coreia do Sul à importação de frango brasileiro, segundo um operador de renda fixa.

Há expectativas no mercado de que o Ministério da Agricultura conseguirá convencer Europa, China, Hong Kong e Chile a retirarem também as restrições adotadas, disse a fonte.

Às 9h38min, o DI para janeiro de 2018 exibia 9,975%, de 9,995% no ajuste de segunda-feira. O DI para janeiro de 2019 estava em 9,51%, de 9,55%, enquanto o vencimento para janeiro de 2021 exibia 9,94%, de 9,99% no ajuste de segunda.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia