Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 20 de março de 2017. Atualizado às 22h38.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Fraude

Notícia da edição impressa de 21/03/2017. Alterada em 20/03 às 21h40min

Países barram compras de carne do Brasil

Países importadores anunciaram restrições à compra de carne brasileira após o início da Operação Carne Fraca, que investiga um esquema de corrupção na fiscalização de frigoríficos. As medidas, por ora, incluem União Europeia (UE), China, Chile, Coreia do Sul e Egito.
UE mais China, Chile e Coreia do Sul responderam por 34,24% das exportações de carne bovina e 20,16% das de frango em 2016. De acordo com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic), as exportações brasileiras de carne bovina congelada, fresca ou refrigerada somaram US$ 4,344 bilhões no ano passado. Principal importador do produto brasileiro, a China respondeu por 16,71% deste total, com gastos de US$ 702,7 milhões.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia