Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 20 de março de 2017. Atualizado às 10h45.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Combustíveis

Alterada em 20/03 às 10h49min

Rio Grande do Sul registra preço máximo de etanol do País, diz ANP

Preços subiram em cinco Estados, caíram em 20 e no DF, e não se alteraram no Amapá

Preços subiram em cinco Estados, caíram em 20 e no DF, e não se alteraram no Amapá


JONATHAN HECKLER/JC
O Rio Grande do Sul registrou o preço máximo do etanol hidratado do País, sendo R$ 4,299 o litro. O preço mínimo registrado ficou com o estado de São Paulo, R$ 2,049 o litro. Na média, o menor preço foi de R$ 2,564 o litro, em São Paulo, e o maior preço médio foi verificado no Amapá, de R$ 3,89 o litro.
Os preços nos postos brasileiros subiram em cinco Estados, caíram em 20 e no Distrito Federal e não se alteraram no Amapá na semana encerrada em 18 de março. No período de um mês, as cotações do produto acumulam alta só em Pernambuco, queda em 24 Estados e no Distrito Federal e estabilidade no Amapá. Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).
Em São Paulo, principal Estado produtor e consumidor, a cotação caiu 1,88% na semana, para R$ 2,564 o litro, e no período de um mês acumula baixa de 6,87%. Na semana, o maior avanço das cotações foi registrado em Pernambuco e Santa Catarina (0,38%), enquanto o maior recuo ocorreu em Roraima (2,72%). A maior alta mensal, de 0,27%, foi em Pernambuco e a maior queda foi em São Paulo (6,87%).
Os preços do etanol hidratado seguem sem competitividade ante os da gasolina em todo País, pela 19ª semana consecutiva, de acordo com dados da ANP. A relação é favorável ao biocombustível quando está abaixo de 70%.
Em São Paulo, onde o etanol equivale a 72,59% do valor da gasolina, o produto ficou cotado, em média, a R$ 2,564 por litro. A gasolina, em R$ 3,532 por litro.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia