Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 18 de março de 2017. Atualizado às 16h22.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

investigação

Alterada em 18/03 às 16h22min

Temer convoca reuniões para tratar de impactos da operação Carne Fraca

Agência estado
Com a crise aberta pela Operação Carne Fraca, que deflagrou um esquema de corrupção envolvendo frigoríficos e fiscais agropecuários, o presidente Michel Temer convocou para o domingo (19), reuniões com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi; o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, e representantes de frigoríficos.
Às 14 horas, Temer fará um primeiro encontro apenas com Maggi, no Palácio do Planalto. Em seguida, recebe também Pereira e os representantes dos frigoríficos. Nem a assessoria da Presidência nem do Ministério da Agricultura soube informar quem participa da reunião em nome do setor.
O governo está preocupado com o impacto da operação nas exportações de carnes e outros produtos animais. Neste sábado, técnicos da Agricultura estão reunidos e preparam uma nota que será enviada a embaixadores de vários países.
De acordo com a pasta, o texto deverá informar sobre a Operação Carne Fraca e esclarecer dúvidas já levantadas por outros países, além de certificar de que o governo brasileiro está tomando todas as providências.
Também neste sábado, Temer falará por telefone com o presidente dos EUA, Donald Trump. O Planalto não informou o tema da conversa nem se a Operação Carne Fraca será abordada. Autoridades europeias também pediram explicações ao governo brasileiro sobre as investigações.
O Ministério da Agricultura enviou neste sábado técnicos para Curitiba (PR) para reunir mais detalhes sobre a operação.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia