Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 16 de março de 2017. Atualizado às 01h07.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Sistema Financeiro

Notícia da edição impressa de 16/03/2017. Alterada em 16/03 às 01h03min

Programa dará acesso a crédito a pequenos negócios

Presidente Temer participou do lançamento do plano, em Brasília

Presidente Temer participou do lançamento do plano, em Brasília


Beto Barata/PR/DIVULGAÇÃO/JC
O presidente Michel Temer disse ontem que o Brasil é "um país de carências assustadoras" e que o acesso ao crédito será de grande importância para ajudar empresários a desempenharem o papel que têm no sentido de gerar empregos. "Os pequenos negócios são pequenos apenas no nome. Na verdade, são os grandes campeões do emprego, respondendo por mais de 50% dos postos de trabalho com carteira assinada no Brasil. E o que mais eles postulam é crédito", disse o presidente durante a cerimônia de lançamento do projeto Senhor Orientador, pelo Sebrae.
Segundo Temer, as pequenas e médias empresas são a "força motriz" da economia brasileira, apesar das dificuldades pelas quais passam. "Nós sabemos que abrir um empreendimento requer ousadia e determinação. Isso não falta aos nossos empresários", disse ele. O projeto Senhor Orientador é um convênio que foi assinado em janeiro pelo Sebrae e pelo Banco do Brasil. Por meio dele - e com a ajuda de 310 consultores selecionados pelo Sebrae, entre aposentados de instituições bancárias com experiência em concessão de crédito para micro e pequenas empresas - o projeto pretende ajudar pequenos negócios a obterem crédito junto ao Banco do Brasil.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia