Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 14 de março de 2017. Atualizado às 22h41.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Indústria

Notícia da edição impressa de 15/03/2017. Alterada em 14/03 às 21h14min

Exportação industrial tem maior elevação desde 2011

Segmento de veículos automotivos liderou a alta de embarques

Segmento de veículos automotivos liderou a alta de embarques


ANA PAULA APRATO/ARQUIVO/JC
Ao somarem US$ 934 milhões em fevereiro, as exportações do Rio Grande do Sul registraram um crescimento de 8,7% na comparação com o mesmo período de 2016. O grupo das commodities aumentou 17,4% (totalizando US$ 81 milhões). Se, por um lado, a soja caiu 2%, o trigo subiu 111,8%. Já o setor industrial embarcou US$ 846 milhões - 90,6% do total exportado -, um incremento de 8,3%, o maior já registrado desde 2011 no mês, quando alcançou 21,3%.
"Estamos apenas devolvendo uma parte dos prejuízos sofridos ao longo dos últimos meses. A demanda da Argentina mostra sinais mais consistentes de retomada, mas a taxa de câmbio segue como um desafio para o setor, em função do movimento de valorização", diz o presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul, Heitor José Müller, ao comentar a balança comercial ontem.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia