Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 14 de março de 2017. Atualizado às 22h41.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Consumo

Notícia da edição impressa de 15/03/2017. Alterada em 14/03 às 20h49min

Taxa do rotativo deve cair a partir de abril, diz Abecs

Entidade espera que os juros sejam reduzidos em 50% com mudança

Entidade espera que os juros sejam reduzidos em 50% com mudança


MARCOS NAGELSTEIN/ARQUIVO/JC
As taxas de juro da modalidade rotativo dos cartões de crédito devem se alinhar às praticadas atualmente na modalidade parcelada, disse Fernando Chacon, presidente eleito da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs).
Em conversa com jornalistas no Congresso de Meios de Pagamento (Cmep), ontem em São Paulo, Chacon frisou que a percepção da Abecs é de que as taxas do rotativo sejam, portanto, reduzidas em 50%, para em torno de 9,9%, se for considerado o teto das taxas praticadas no parcelado. "Em abril, veremos a redução das taxas acontecerem", afirmou.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia