Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 09 de março de 2017. Atualizado às 13h46.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Previdência

Notícia da edição impressa de 09/03/2017. Alterada em 08/03 às 23h59min

Meirelles nega plano B para a Previdência

Caso rejeitada, não será o caos, mas ficará insustentável, disse ministro

Caso rejeitada, não será o caos, mas ficará insustentável, disse ministro


MARCELO CAMARGO/ABR/JC
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, reconheceu ontem que, se a reforma da Previdência não for aprovada pelo Congresso, não haverá um "caos imediato" na economia brasileira, e que o problema surgirá com a insustentabilidade futura das contas públicas. Mas Meirelles está confiante com a aprovação do texto pelos parlamentares e reafirmou que não existe "Plano B" para a Previdência.
"Se a reforma da Previdência não for aprovada, não será o caos imediato, mas será insustentável", disse o ministro, ao ser questionado sobre a hipótese de o texto não ser aprovado pelo Congresso. "Acredito que será aprovado. Portanto, não cabe falar em Plano B", comentou.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Jorge 09/03/2017 10h59min
Sugestões de Alternativas à Idade Mínima para Aposentadoria.nSoma da Idade com o Tempo de Contribuição;n90M/95H, valor normal da aposentadoria.n95M/100H, acréscimo de 10% no valor da aposentadoria.nAtende as necessidades da previdência e oferece aos contribuintes a possibilidade de melhorar a aposentadoria.