Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 06 de março de 2017. Atualizado às 22h42.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Contas Públicas

Notícia da edição impressa de 07/03/2017. Alterada em 06/03 às 22h36min

Situação financeira de Porto Alegre é a mais grave da história recente

O fluxo de caixa da prefeitura de Porto Alegre nos primeiros dois meses de 2017 - somado ao desempenho de 2016 e agravado pelos pagamentos a fornecedores e demais pendências deixadas pela gestão anterior - aponta que a situação financeira da Capital é a mais grave da história recente. Os números foram apresentados ontem pelo secretário municipal da Fazenda, Leonardo Busatto.
Para reverter esse quadro, o secretário foi direto: gestão eficiente, com corte de gastos e mecanismos que garantam o aumento de receita, e transparência nas contas públicas. "Com as medidas de ajustes adotadas para redução das despesas, foi possível economizar R$ 90 milhões em janeiro e fevereiro em relação à previsão inicial, porém o período mais difícil será a partir de maio, quando não haverá recursos para pagar todas as despesas já contratadas", disse.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia