Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 06 de março de 2017. Atualizado às 10h43.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Previdência Privada

Alterada em 06/03 às 10h46min

Aportes em previdência aberta têm alta de 19,93% em 2016, diz Fenaprevi

Os aportes efetuados por titulares dos planos abertos de caráter previdenciário em 2016 cresceram 19,93%, para R$ 114,72 bilhões ante 2015, segundo a Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (Fenaprevi).
A captação líquida dos planos apresentou saldo positivo de R$ 60,83 bilhões em 2016, 24,14% acima da diferença entre captações e resgates do ano anterior.
Os planos individuais receberam R$ 98,03 bilhões em 2016, um aumento de 15,77% sobre 2015, ao passo que os recursos destinados a planos empresariais cresceram 61%, para R$ 14,74 bilhões. Os planos para menores de idade alcançaram R$ 1,95 bilhão em aportes, 6,56% acima de 2015.
Por modalidade, o VGBL somou prêmios de R$ 104,94 bilhões de janeiro a dezembro de 2016 e o PGBL registrou R$ 8,92 bilhões de contribuições em 2016. Os planos tradicionais responderam por R$ 855,75 milhões.
No mês de dezembro, os aportes totalizaram R$ 16,54 bilhões, 24,7% acima do mesmo mês do ano anterior. A captação líquida cresceu 29,66%, para R$ 11,38 bilhões.
Os planos individuais receberam R$ 14,10 bilhões, ou 19,49% mais que em dezembro de 2015, e os planos empresariais tiveram alta de 73% para R$ 2,25 bilhões em contribuições. Os planos para menores, por sua vez, caíram 0,86%, para R$ 196,4 milhões, na comparação com dezembro de 2015.
A modalidade VGBL recebeu R$ 14,61 bilhões enquanto PGBL, R$ 1,84 bilhão no mês. Já a arrecadação dos planos tradicionais foi de R$ 91,74 milhões em dezembro de 2016.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia