Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 03 de março de 2017. Atualizado às 08h37.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 03/03 às 08h39min

Bolsas asiáticas fecham majoritariamente em baixa, à espera de Yellen

As bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam majoritariamente em baixa nesta sexta-feira (3), com os investidores demonstrando cautela antes de discursos de autoridades do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), que irá revisar sua política monetária em meados do mês.
Nos últimos dias, vários dirigentes do Fed fizeram comentários favoráveis à retomada da alta dos juros, que está interrompida desde dezembro. Hoje, a presidente do Fed, Janet Yellen, falará durante evento em Chicago, a partir das 15h (de Brasília). No mesmo horário, seu vice, Stanley Fischer, fará pronunciamento em Nova York.
Também há discursos previstos nesta sexta de um diretor e de duas autoridades regionais do Fed. O BC americano vai decidir sobre juros no próximo dia 15.
As perdas na região asiática vieram também na esteira da desvalorização das bolsas de Nova Iorque, que ontem realizaram lucros após atingirem recordes de fechamento na sessão anterior.
Na China, o índice Xangai Composto caiu 0,36% hoje, a 3.218,31 pontos, mas o menos abrangente Shenzhen Composto contrariou o viés negativo da Ásia e subiu 0,21%, a 2.001,91 pontos. Em Hong Kong, o Hang Seng teve queda de 0,74%, a 23.552,72 pontos.
No mercado japonês, o Nikkei recuou 0,49% em Tóquio, encerrando o pregão a 19.469,17 pontos.
Entre outros índices acionários asiáticos, o sul-coreano Kospi teve baixa mais expressiva em Seul, de 1,14%, a 2.078,75 pontos, e o Taiex registrou perda de 0,45% em Taiwan, a 9.648,21 pontos, mas o filipino PSEi subiu 0,17% em Manila, a 7.247,12 pontos.
Na Oceania, a bolsa australiana foi pressionada por ações de mineradoras e o índice S&P/ASX 200 caiu 0,8% em Sydney, a 5.729,60 pontos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia