Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 03 de março de 2017. Atualizado às 08h00.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 03/03 às 08h04min

Bolsa de Tóquio recua, influenciada por cautela antes de discurso de Yellen

A Bolsa de Tóquio fechou em baixa nesta sexta-feira (3), em clima de cautela antes de um discurso da presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Janet Yellen.
O Nikkei caiu 0,49%, encerrando o pregão a 19.469,17 pontos. Ao longo da semana, porém, o índice das ações mais negociadas na capital japonesa acumulou valorização de 0,96%.
Nos últimos dias, especulação de que o Fed poderá voltar a elevar juros na reunião de março ajudou a impulsionar os juros de bônus soberanos e o dólar em relação ao iene, favorecendo ações financeiras e de exportadoras no mercado japonês. Ontem, o Nikkei atingiu o maior nível em dois meses.
Hoje, porém, o entusiasmo perdeu força à medida que investidores se mostraram cautelosos antes do pronunciamento de Yellen, que deverá começar às 15h (de Brasília). Nesta semana, vários dirigentes do Fed indicaram ser favoráveis a um novo aumento de juros. O Fed tem reunião de política monetária nos próximos dias 14 e 15.
Destacaram-se em baixa em Tóquio ações da indústria petrolífera, como da Inpex (-2,4%) e da JX Holdings (-1,7%), após os preços do petróleo caírem mais de 2% nos negócios de ontem.
O setor de eletrônicos também teve fraco desempenho na bolsa japonesa, caso da Kyocera (-1,9%) e da Tokyo Electron (-1,4%).
Por outro lado, a Nintendo saltou 3,7%, após lançar hoje seu novo console de videogame, o Switch.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia