Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 02 de março de 2017. Atualizado às 12h48.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Tributos

02/03/2017 - 12h17min. Alterada em 02/03 às 12h48min

Receita vai fiscalizar 14,3 mil contribuintes e espera recuperar R$ 143 bilhões em 2017

A maioria dos contribuintes fiscalizados é composta de empresas, que somam 9,5 mil

A maioria dos contribuintes fiscalizados é composta de empresas, que somam 9,5 mil


Reprodução/JC
Agência Brasil
Mais de 14,3 mil contribuintes estão na mira da fiscalização da Receita Federal este ano. A expectativa do Fisco é de recuperar R$ 143,4 bilhões referente a impostos, multas e juros. Em 2016, a Receita autuou contribuintes que passaram a dever R$ 121,6 bilhões, abaixo da expectativa de R$ 155 bilhões.
Esse dinheiro, entretanto, não entra imediatamente nos cofres públicos, porque os contribuintes recorrem em processos administrativos e na Justiça, o que leva, em média, quase 15 anos, segundo o subsecretário de Fiscalização da Receita, Iagaro Jung Martins.
Em um ano, são recuperados cerca de 2% do valor lançado pela Receita. Em 2016, foram recuperados apenas 1,36%. A maioria dos contribuintes fiscalizados é composta de empresas, no total de 9,5 mil. Os demais  4.808 são pessoas físicas. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia