Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 27 de março de 2017. Atualizado às 22h29.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Carlos Pires de Miranda

De Olho na tevê

Notícia da edição impressa de 28/03/2017. Alterada em 27/03 às 21h10min

Hoje tem seleção

Ao que tudo indica, a equipe de Tite vai vencer seu oitavo jogo seguido pelas eliminatórias, dias depois de humilhar o Uruguai em pleno Centenário. Bastará manter a concentração e a intensidade exigidas pelo técnico para derrotar o Paraguai, o resto virá ao natural. Como o volante Paulinho não poderia repetir seus três gols a cada jogo, na ausência de Gabriel Jesus insisto: Fred, um talentoso finalizador, seria útil à seleção.
Burro não, mas a gangorra...
O Inter ainda não ganhou fora de casa, o Vale era campo neutro. E não, o campeonato não fica manchado por ter sido ignorado o pênalti de Danilo Fernandes, a favor do São José. Quanto a Zago, torço por ele como por todos os técnicos emergentes. E não concordo com quem o chama de burro sem conhecer os fatos - terça-feira passada escrevi o mesmo em relação a Renato e à torcida. Mas devemos lembrar que quase chegamos a abril e o Inter ainda não joga, enquanto o Grêmio parece ter se encontrado.
Fórmula 1
A vitória de Vettel enche de esperanças não apenas a Ferrari, mas toda a Fórmula 1, desinteressante desde que as Mercedes tomaram conta do espetáculo, sem dar chance a mais ninguém. Massa cumpriu seu papel com a Williams, pena que não tenha como ser protagonista. Penso que todas as grandes equipes ainda têm muito a crescer, antes mesmo da temporada europeia. Quanto às novas regras, essas estão aprovadas.
Copa do mundo para colorados
O Inter não tem sido feliz contra o Corinthians, seu adversário na Copa do Brasil, em duas semanas. Mas o jogo de ida no Beira-Rio pode ajudar: o ataque corintiano não tem funcionado - fez 11 gols em 11 jogos no Paulistão - e, se não marcar aqui, bem que um golzinho colorado pode resolver lá, na magnífica e endividada Arena. São dois times em construção, quem estiver mais pronto, leva. Depois, com outras 11 equipes fortes (oito da Libertadores), a coisa vai engrossar de vez.
Pontaria melhorada
Neste ano tenho visto frequentes gols de falta nas disputas dos estaduais e mesmo da Libertadores. Bem mais do que no Brasileirão de 2016, com aquele ridículo total de 17 gols em 380 partidas. O menor nível técnico dos estaduais seria um facilitador? Ou os jogadores acharam tempo para treinar cobranças, ao invés de usarem as folgas somente para fazer tatuagens?
Pitacos
Viu como é possível o futebol mais cedo? A Globo mostrou o Jornal Nacional às 19h30min, Brasil e Uruguai às 20h e a novela às 22h. Mas hoje já volta ao tardio horário de 21h45min, ruim para quem vai ao estádio. *** Ramiro, Léo Moura, todo o mérito para Renato por tê-los bancado. Mostram que são utilíssimos ao Grêmio. *** Vanderlei Luxemburgo permanece no ostracismo, descredenciado por seus últimos trabalhos. Nem na China ele acertou, mas ainda vai aparecer quem o queira.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia