Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 02 de abril de 2017. Atualizado às 18h41.

Jornal do Comércio

Empresas & Negócios

COMENTAR | CORRIGIR

negócios corporativos

Notícia da edição impressa de 03/04/2017. Alterada em 31/03 às 20h27min

Churrasco vira moda na China

Não é só a carne brasileira que está em alta na China - pelo menos estava até o escândalo da Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, levar as autoridades a suspender as importações do produto brasileiro. O churrasco entrou na moda e ajudou a espalhar a boa fama da carne e do estilo de vida do brasileiro. Proliferam as churrascarias por todo o país. Só na capital, há 25; das quais, duas apenas com churrasqueiros brasileiros.
Curiosamente, os fornecedores desses estabelecimentos não trabalham com carne brasileira. Mas são obrigados a oferecer a tradicional picanha, um corte que só os chineses muito iniciados saberão dizer o que é. Os outros não têm ideia do que se trata. "Tivemos de ensinar como é que se faz para tirar a bola da picanha da peça inteira", conta Ceará, o churrasqueiro do restaurante Latina, que vive há 17 anos em Pequim.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia