Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017. Atualizado às 22h29.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

câmara dos deputados

Alterada em 23/02 às 22h31min

Moura diz que já foi comunicado sobre sua substituição na liderança do governo

O deputado André Moura (PSC-SE) afirmou na noite desta quinta-feira (23), por meio de nota, que já foi informado pelo presidente Michel Temer que será substituído na liderança do governo na Câmara. O novo líder será o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB).
"Nesta tarde, em Sergipe, onde me encontro, recebi telefonema do presidente Michel Temer comunicando-me de mudanças na liderança do governo na Câmara dos Deputados. Aproveitei a oportunidade para agradecer-lhe a confiança em mim depositada", diz a nota.
O deputado sergipano afirmou que foi "com enorme orgulho que servi ao projeto de uma gestão reformista". "A resistência ao novo e às mudanças são sempre elevadas e o governo, mais do que nunca, precisa de uma base unida e coesa", disse.
"A governabilidade deve estar, portanto, acima dos homens e suas vaidades, e a arte da política percorre caminhos virtuosos que sempre tive o orgulho de trilhar. Assim, posso dizer que tenho a certeza do dever cumprido", acrescentou Moura, que deve assumir como líder da maioria na Câmara.
Temer substituiu Moura atendendo a pedido do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Desde que foi reeleito, no inicio de fevereiro, o deputado fluminense vinha cobrando o Palácio do Planalto para colocar na liderança do governo um parlamentar mais alinhado com ele.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia