Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 12 de fevereiro de 2017. Atualizado às 21h38.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Partidos

Notícia da edição impressa de 13/02/2017. Alterada em 12/02 às 21h10min

Novo seleciona quadros políticos para as eleições de 2018

Após eleger um vereador em Porto Alegre - e garantir cadeiras nas câmaras municipais de outras três capitais - o partido Novo já pensa na eleição de 2018. A legenda iniciará em março um processo seletivo, com provas e teste de oratória, para a escolha dos candidatos ao Congresso Nacional em 2018.
O presidente estadual do Novo, Carlos Alberto Molinari, explica que o foco será lançar candidatura ao Senado e à Câmara dos Deputados. Entre as propostas da sigla, estão a extinção do fundo partidário e o fim da contribuição sindical e recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) obrigatórios.
Na agenda do Novo, também estão visitas a cidades como Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Uruguaiana, para divulgar a seleção. Molinari afirma que não estão buscando "puxadores de votos". "A velocidade do nosso crescimento vai depender do aumento no número de pessoas que acreditam no nosso projeto", disse.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia