Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 05 de fevereiro de 2017. Atualizado às 16h43.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Estados Unidos

Alterada em 05/02 às 17h44min

Política espacial de Trump deve priorizar PPPs, dizem fontes

Espera-se que a política espacial do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fomente o investimento privado, ao passo em que deve favorecer metas de curto prazo, como mandar os astronautas de volta para a órbita da lua até 2020, de acordo com membros da indústria e autoridades do governo.
Com base em entrevistas de oficiais e cópias de memorandos enviados à Casa Branca, os auxiliares de Trump preveem que uma das principais prioridades da Nasa seria promover parcerias público-privadas para operações no espaço.
Nenhuma decisão foi tomada ainda, e os passos para alterar os programas existentes, ou lançar programas novos, aguardam pela nomeação do chefe da Administração Nacional de Espaço e Aeronáutica. Assessores de Trump têm ordens para adiar decisões importantes até que um conselho espacial do governo seja formalmente criado, dizem pessoas familiarizadas ao assunto. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia