Porto Alegre, sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017. Atualizado às 15h33.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Rodrigo Maia se defende sobre denúncias de corrupção

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), classificou como absurdas e sem relação com a realidade as denúncias de que teria recebido vantagens indevidas da empreiteira OAS para defender os interesses da empresa em projetos na Casa. De acordo com reportagem exibida na quarta-feira (8) no Jornal Nacional, as denúncias constam de um inquérito da Polícia Federal (PF), que pede ao Ministério Público Federal que investigue Rodrigo Maia pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Em declaração a imprensa, Maia negou as acusações e disse que não vai usar a presidência da Câmara para se defender. "Confio na Justiça e tenho certeza que o Ministério Público, assim como a Justiça, vão reparar essa análise preliminar que é absurda, que não tem relação com a realidade que não diz respeito à minha história, da minha família e que essas questões ficarão no âmbito do meu mandato de deputado, sem nenhuma relação com a presidência da Câmara dos Deputados", afirmou.
 

FOTO MARCELO CAMARGO/Agência Brasil/JC